+55 (11) 2626-0211
+55 (12) 3302-0111
+55 (12) 99111-7601
contato@ellevendh.com.br

O prejuízo que a maioria das empresas desconhece ter

Alguns dados merecem ser avaliados criteriosamente. Seria acaso o fato de mais de 70% das empresas com maior destaque no ‘Guia das 150 Melhores Empresas Para Você Trabalhar’ publicado pelas Revistas Exame/Você S.A. terem nota superior a 85% de aprovação no que diz respeito ao investimento sobre desenvolvimento de seus funcionários? Sabia que este critério é mais relevante para os funcionários do que o próprio salário?

 

Pois é. E sabe por quê? Porque as pessoas correlacionam diretamente o investimento em treinamentos e desenvolvimento com perspectivas de crescimento profissional, de ascensão na carreira.

 

Acha bobagem? Então perceba se já se deparou com este quadro: profissionais que chegam atrasados e torcem para o relógio chegar àquela fantástica hora de ir embora; que aos poucos vão perdendo rendimento, começam a ter problemas de relacionamento dentro da empresa. As faltas vão aumentando, afastamento por atestado médico, atrasos e reclamações também. Pouca concentração no que fazem, desperdício de materiais e insumos. Vivem insatisfeitos com seu trabalho, desmotivados, produzem pouco resultado positivo, se queixam aos colegas sobre o ‘descaso’ da empresa, contaminam o ambiente. Vivem no ciclo de entrega de tarefas SMM (Sempre a mesma…mesmice).

 

A saída para o empresário? São duas: ou ignora e finge que está tudo bem, apesar de reclamar aos quatro ventos sobre o funcionário ou a mais radical. Demite e contrata outro. Encargos trabalhistas para quem sai, novos gastos para a nova contratação. O novo contratado, por sua vez deverá passar pela experiência, pela adaptação à função, aos companheiros, à política da empresa e se tudo der certo consegue ser efetivado. Ufa! E adivinha o que acontece? Um ciclo semelhante ao descrito acima começa.

 

Parece ‘chover no molhado’, mas infelizmente ainda é cultura em algumas empresas não investir em treinamento. As justificativas? Não é fácil mensurar o resultado, ou o retorno sobre o investimento e que não adianta preparar as pessoas porque elas podem a qualquer momento ir embora da empresa. mentalidade um tanto quanto obsoleta.

 

Afinal, em tese, onde seria aplicado este desenvolvimento obtido, quem desfrutaria desta melhoria? Logicamente a própria empresa. É bem possível que você conheça profissionais capacitados tecnicamente, mas que mesmo assim rendem muito aquém do esperado. O motivo? Falta de desenvolvimento de Competências Comportamentais. Quais são? Relacionamento interpessoal, comunicação, trabalho em equipe, liderança, criatividade, flexibilidade, resiliência, entre outras.

 

Ainda não está convencido? Pois bem, mais alguns dados importantes: Segundo a Fundação Getulio Vargas, 86,3% dos problemas nas empresas são de ordem comportamental e de acordo com a Revista Vida Simples 75,1% dos profissionais apontam a desmotivação como fator que impacta negativamente em seu rendimento.

 

Como disse há algumas décadas um grande empreendedor, que tornou sua empresa aérea a maior do país: “Investir em treinamentos é caro. NÃO investir é MUITO MAIS CARO”. Pode ter certeza, é bem mais gratificante e mais barato do que este eterno ciclo ‘contrata-demite’.

 

Treinamento Odisseya I bate recorde de participantes

A Elleven realizou no último final de semana a 20a. edição do treinamento Odisseya I, no Hotel Pintado na Brasa em Guararema, SP. O evento contou com a presença recorde de 54 heróis, como são chamados os treinandos participantes.

 

Ministrado por José Carlos Carturan, diretor de desenvolvimento e head trainer da empresa, o processo Odisseya envolve autoconhecimento, liderança pessoal, profissional e emocional.

 

No final de semana gelado, com temperatura média na casa dos 16o C, não faltaram atividades e calor humano para aquecer a turma 20.

 

A treinanda Rômula Maria Soares destaca: “Eu nunca vi e senti tanta energia juntas! A maneira de conduzir os trabalhos, com firmeza e ao mesmo tempo com uma cautela enorme, para não tocar negativamente ninguém, é um dos fatos que chamou a minha atenção. Já participei de grandes e importantes treinamentos e congressos que, sem dúvida nenhuma, contribuíram para o meu sucesso profissional, mas posso afirmar que jamais vivi tanta emoção como em OdisseYA.”

 

Além dos 54 participantes, fizeram parte também mais de 60 padrinhos da turma. Os padrinhos são pessoas que já tiveram a oportunidade de participar em outras edições e fazem parte de algumas atividades voluntariamente.

 

A Elleven entrou na minha vida e não saiu mais, lá se vão três anos e a cada encontro é melhor”, diz a madrinha Ana Lucia Alluoto. Recentemente, a Elleven completou três anos de existência.

 

Estar com a Elleven me faz sentir amor da forma mais plena, me sinto viva quando estou com eles!”, acrescenta Ana.

 

Ao final de cada treinamento há um desafio proposto pela turma para que se realize até o próximo encontro. Na ocasião, foi anunciado o resultado do desafio da turma 19 que arrecadou quatro mil fraldas geriátricas a serem distribuídas entre instituições do Vale do Paraíba e grande São Paulo.

 

Para ver as fotos do treinamento, acesse nossa galeria de imagens aqui.

Inimigo silencioso
Acontece com cada vez mais freqüência: A pessoa sente desânimo, tristeza sem motivo aparente, sensação constante de fadiga; Insônia ou pelo contrário, sono excessivo. Falta de prazer em atividades que anteriormente traziam satisfação. Sentimentos de culpa, dificuldades em concentrar-se e tomar decisões. Estes são apenas alguns sintomas da depressão, um inimigo que se torna mais comum a cada dia.
Para que tenhamos uma idéia, dados de 2008, divulgado nesta quarta-feira, revelam que a depressão é a quinta doença de maior ocorrência no Brasil, ficando atrás apenas das velhas conhecidas hipertensão, doença de coluna, artrite ou reumatismo e bronquite ou asma. Estima-se que cerca de 17 milhões de brasileiros tenham a doença. De acordo com um levantamento feito pelo Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), mais de 75.000 trabalhadores são afastados anualmente de suas atividades em decorrência da depressão.
Os dados são ainda mais impressionantes quando considerados em âmbito mundial. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a depressão atinge 121 milhões de pessoas ao redor do mundo e está entre as principais causas que contribuem para incapacitar um indivíduo. Por ano, a depressão esta ligada à morte de cerca de 250.000 pessoas. A Organização Mundial de Saúde estima que em pouco mais de 10 anos a depressão será a segunda doença mais comum no mundo, devendo atingir o primeiro lugar no ranking em 2030. Ela também será a maior responsável por mortes prematuras e anos produtivos perdidos, dado seu potencial incapacitante.
Há muito tempo a depressão já é uma das doenças que mais gera custos econômicos e sociais aos governos já que além dos gastos com tratamento, existem também as perdas na produção.
Ainda que não exista até hoje uma explicação científica conclusiva, sabe-se que a mulher é mais sensível à depressão. Há algumas teorias, entre elas a que relaciona esse efeito aos hormônios femininos.
Para ser diagnosticada clinicamente como portadora de depressão, a pessoa não precisa estar com todos esses sintomas. As causas da depressão podem ser biológicas, por meio de desequilíbrios bioquímicos na produção e captação relacionados a hormônios e neurotransmissores. Além das causas biológicas, fatores ambientais relacionados ao cotidiano atribulado e à falta de qualidade de vida das pessoas. Fatores comportamentais como crenças limitantes, baixa auto estima, falta de auto confiança também são potencializadores da depressão.
Felizmente há tratamentos eficazes por meio de medicamentos e principalmente pela ação de psicólogos preparados e que por meio de técnicas modernas conseguem resultados expressivos e rápidos na cura da doença. Em caso de dúvidas e caso existam alguns destes sintomas ocorrendo simultaneamente procure um profissional para auxiliá-lo. O diagnóstico precoce favorece consideravelmente no êxito do tratamento.
Agenda
25 à 27 de AGO, 2017

Blog
01 AGO, 2017 | por José Carlos Carturan
Faça o seu Teste
Endereço
R. Letícia, 61 - Jardim Satelite, São José dos Campos - SP, 12230-840
Telefone
+55 (12) 3302.0111 +55 (11) 2626.0211
© 2017 Elleven Treinamentos. Todos os Direitos Reservados.                 R. Letícia, 61 - Jardim Satelite, São José dos Campos - SP, 12230-840

Newsletter

Insira seu email para receber dicas e artigos exclusivos da Elleven Treinamentos!

X