+55 (11) 2626-0211
+55 (12) 3302-0111
+55 (12) 99111-7601
contato@ellevendh.com.br

O que você vai fazer hoje?

Fique atento a esta palavra: hoje. Considere-a relevante e fundamental em sua vida. Afinal é tudo que você tem. O ontem já se foi e o amanhã é incerto.

Aliás, seu ontem já foi um ‘hoje’. E a pergunta é: O que você fez para tornar sua vida melhor? A dimensão de tempo é algo extremamente significativo para nós. Conscientemente sabemos dividir o tempo entre passado, presente e futuro.

No entanto, para nossa mente inconsciente tudo acontece no agora. Tudo é hoje. Quer a prova? Sofremos, ficamos ansiosos, pré ocupados por algo que vai acontecer talvez daqui a alguns dias. E sentimos os reflexos ‘hoje’.

O contrário também acontece. Lembramos algo do passado, seja uma perda ou uma conquista e o sentimento, a emoção correlacionada a esta lembrança às vezes surge no ‘hoje’. Ou seja, de uma maneira ou de outro estamos inexoravelmente ligados ao hoje, justamente porque é a única dimensão de tempo que temos. O passado é uma lembrança e serve-nos como base, como referência e o futuro é uma perspectiva, uma esperança.

O que você está fazendo hoje?

E você? Como tem levado a vida? Tem buscado constantemente seus objetivos ou como dizem por aí, está “empurrando com a barriga”?

Pois bem, saiba que sua colheita do amanhã depende do plantio ‘hoje’. Sabendo disso, pense bem. Quais são seus melhores atributos, seus maiores talentos, suas grandes qualidades? Você as tem utilizado para obter os resultados que deseja? Ou sente-se limitado, sem saída, infeliz e descontente com o estágio que sua vida se encontra agora? Por mais doloroso que seja admitir, o que somos hoje é fruto de sementes plantadas no nosso passado.

A boa notícia é que a mudança está em suas mãos. E talvez você esteja pensando: ‘Mas como posso fazer isto?’ Aí vão algumas dicas: Primeiramente, saiba onde quer chegar. O que almeja para você e as pessoas que ama? Inclua nesta reflexão o segmento familiar, profissional, intelectual, saúde, financeiro e afetivo. Inclua também objetivos pessoais como lazer, cursos, bens que quer adquirir e principalmente as mudanças que quer realizar.

Comece hoje!

E a partir destes pontos obtidos, comece ‘hoje’ a verificar quais atitudes deve tomar para alcançar seus objetivos. Algumas demandam um esforço maior, mas outras são extremamente simples e podem gerar mudanças e resultados imediatos. Comece por estas. Comece pelas pequenas coisas e habitue-se a ter atitude para mudar.

Outra dica importante: Reavalie seu estágio atual. Perceba como seus hábitos, suas amizades, sua rotina, seus contatos, a maneira como você utiliza seu tempo têm influenciado nos resultados que você tem obtido. E seja muito imparcial ao responder essas perguntas. Seu estágio de vida atual, as atitudes que têm tomado ultimamente te aproximam ou te afastam dos seus sonhos?

Pense nisso e comece a criar novos hábitos para si mesmo, ter novas posturas em relação aos desafios que a vida nos impõe. Não hesite em tentar novas alternativas. Seus resultados dependem exclusivamente das suas atitudes e das possibilidades que cria para resolver suas questões.

Um detalhe. Tudo isto deve ser feito HOJE.

Imagem agenda: © Gregor Schuster/Corbis

hoje Elleven

 

A agressividade e a dificuldade na comunicação – Regina Maia

Certamente dentre as maiores complicações que se encontram no ambiente de trabalho a dificuldade na comunicação ocupa uma posição de destaque. Infelizmente as pessoas não percebem isso e muitas vezes imaginam que para se comunicar,basta…falar!
Longe disso… Muitas vezes o resultado da nossa comunicação depende de diversas outras variáveis que não o falar. E você? Já fez uma auto avaliação sobre como costuma se comunicar? Quais os resultados que vem obtendo com sua comunicação?
Você tem dificuldade de se comunicar? As pessoas não te entendem ou atendem?

Saiba que recebemos aquilo que damos. Se você não tem o hábito de ouvir, não será ouvido com certeza.
E em relação à sua postura? É agressiva? As pessoas vão se afastar de você. Presenças desagradáveis são naturalmente evitadas. E então você atrairá dois tipos: o “sim senhor” ou os” puxa-sacos”.

“Sim senhor” são pessoas que assumem a postura ( provavelmente em resposta a agressividade do interlocutor, principalmente se esse for o líder) de concordar com tudo. Não emitem opinião. Até porque o sim senhor não quer dizer que concorda com você. Apenas é uma maneira de se livrar das suas investidas e solicitações. Mas dai até cumprirem o que foi pedido….
E uma coisa engraçada sobre os “puxa- sacos”. Nem sempre eles são submissos… Muitas vezes, o que querem é puxar outra coisa… O seu tapete. E com certeza o farão assim que enxergarem outro “peixe grande” para parasitar.

Mas voltando a postura da agressividade: imagine um lago com vários animais herbívoros pastando, bebendo água, e descansando por ali. Imagine agora que um leão se aproxime. Veja agora se fica alguém parado esperando que o leão ataque.

Percebeu? Se você tem sido agressivo em suas palavras e atitudes, espera o que? Já pensou que mais do que oratória há necessidade de uma postura aberta a opiniões? Que outras visões além da sua sobre um assunto podem ampliar o cenário a ser analisado proporcionando maior assertividade na tomada de decisões? No coaching temos por princípio o seguinte: não peça as pessoas para fazer ou não fazer algo: a reação imediata é exatamente oposta.

Em se tratando de comunicação entre equipes de trabalho, tenha a inteligência e paciência necessárias para que haja consenso no assunto em discussão. Deixe que as pessoas se expressem e façam parte da construção das ideias e ações a serem tomadas com relação aos projetos. E principalmente ouça o que é dito!

Esteja aberto também a feedbacks. Não espere que sejam sempre bons. Você pode até não concordar com o que foi dito, mas nunca discuta: somente pense. No mínimo, vai encontrar a lacuna entre o que pensa de si e como os outros o veem.
Acredite que se a questão da dificuldade com comunicação surgiu para você é porque sua antiga postura já não lhe serve mais. Esteja pronto para mudança. Pois tudo começa no incômodo de querer. E se você quer… Você pode!

Sobre a autora:
Regina Maia é coach pessoal e profissional.
Graduada em Administração de Empresas e análise de sistemas, Instrutora Estratégica da Universidade CAIXA, pós graduanda em MBA de Gestão de Pessoas e Projetos, contando ainda com cursos livres na área de conhecimento e desenvolvimento humano tais como: Formação holística, Hipnose, Practitioner em PNL pela Elleven Desenvolvimento Humano, EFT (Emotional Freedom Tecnic) entre outros.

Agenda
21 a 22 de OUT, 2017

Blog
10 OUT, 2017 | por José Carlos Carturan
Faça o seu Teste
Endereço
R. Letícia, 61 - Jardim Satelite, São José dos Campos - SP, 12230-840
Telefone
+55 (12) 3302.0111 +55 (11) 2626.0211
© 2017 Elleven Treinamentos. Todos os Direitos Reservados.                 R. Letícia, 61 - Jardim Satelite, São José dos Campos - SP, 12230-840

Newsletter

Insira seu email para receber dicas e artigos exclusivos da Elleven Treinamentos!

X